12 de maio de 2008

Camaleão


Ele: Experiência negativa ontem. Peguei uma aleatória que queria praticamente fazer parte da família em menos de uma hora.

Eu: Affff, "aleatória" chiclete ninguém merece realmente...

Ele: Pior, CHICLETEIRA!

Eu: Argggghhhh. Avulsa-chiclete-chicleteira...Brochante, no mínimo.

Ele: Sinceramente, fingi orgasmo!

Eu: MENTIRA! Passada!

Ele: Ela tinha uma tatuagem do camaleão símbolo da banda, po. Na nuca!

Eu: Realmente...E a otária não percebeu? Ela engoliu (o fingimento, claro)??

Ele: Ô! Eu tinha que acabar logo com aquilo. Aproveitei e saí escondido!

Eu: ...

***
Preconceitos musicais e brochadas justificáveis a parte, o fato é que eles vão mesmo dominar o mundo. Não bastasse fingirem sentimentos, fidelidade e boas intenções, eles fingem orgasmo. Pior: elas acreditam, assim como crêem nas boas inteções, nos sentimentos e no Saci Pererê.

12 comentários:

nobody disse...

estamos sendo testemunhas de um salto na evolução da espécie. meu deus! agora quem segura esse homens?

Anônimo disse...

Vale contar que além da tatuagem, a periguete chicleteira ficava ensaiando texto de filme pornô, “goza gostoso, vai”. Motivos de sobra pra fingir e fugir.

Paranóia Ululante disse...

Ah, mas aí também..
tive pena desse rapaz.
Se fosse mulher fingia também ué
nesse caso, coitado.

Alexandre Gentil disse...

Ela finge. Ele finge. Direitos iguais.

Breno disse...

Concordo com Alexandre. Direitos iguais!

Gilgomex™ disse...

Como será que se faz isso???
Eu acho que , no meu caso, nem daria tmepo de fingir... Mas deve ser uma técnica impressionante!

Renatinha disse...

Minha gente, fingir orgasmo é ridículo!!! Já não bastam as mulheres frustradas sem reclamar por que não gozaram? Não é mérito feminino pra neguinho querer imitar, ora. Tudo bem, é uma boa saída qdo a coisa tá ruim e vc sabe q não vai melhorar. Mas, por outro lado, é concordar em ser submisso e se acomodar não só com o não-prazer como inflar egos dos que perguntam "foi bom pra vc, meu bem?". Só serve nos casos de emergência. Que nem aqueles machados nos ônibus ou extintores de incêndio: "Quando vir uma tatuagem suspeita, quebre o lacre e o protocolo: finja e acabe logo com essa merda". hehehehehe

Venus in Furs disse...

HAHAHAHAHAHAAHHAHAHA

Vai periguetar, vai.

Alexandre Gentil disse...

Lembrando que a mulher é pioneira no fingimento do orgasmo...

Alexandre Gentil disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexandre Gentil disse...

E foi só eu que notei um medinho da Renatinha, tipo "será que ele já fingiu comigo?"

HE HE HE


To brincando, Rê!!!
=***

Renatinha disse...

hahahaahahahaha. Gentil, claro q a mulher é ridiculamente pioneira. O q eu disse é q não há mérito em copiar hábitos ruins! E eu cheguei a me perguntar se alguém fingiu comigo, claro. Pode ter acontecido, mas costumo ser bem observadora, digamos assim =).